O papel dos diáconos e diaconisas

Comentarios

O papel dos diáconos e diaconisas

O papel dos diáconos e diaconisas
Imagem: O papel dos diáconos e diaconisas

A palavra “diácono” vem de uma palavra grega (diáconos), quer dizer “atendente” ou “servente”. A mesma palavra descreve escravos, empregados e obreiros voluntários, pois, a ênfase não está na posição da pessoa, mas relacionado ao seu trabalho na seara do Senhor.

Na Igreja primitiva, à medida que suas necessidades aumentavam, era necessário organizar a distribuição de alimentos para os pobres. Os apóstolos precisavam concentrar-se na pregação da Palavra; dessa maneira escolheram entre eles, sete homens de boa reputação, cheios do Espirito Santo e de sabedoria, para auxiliar no atendimento às viúvas. (At 6.3)

Conheça aqui! A importância da teologia para o seu ministério.




Algumas Funções do Diácono

Precisa ser um assíduo e comparecer nos cultos, participar da Escola Bíblica Dominical, reuniões de oração, cultos de libertação, culto de Doutrinas, e as reuniões administrativas, e quaisquer outras atividades realizadas na Igreja.

  1. Participar sempre que designado, auxiliando o Pastor no culto da Santa Ceia, onde atuará na distribuição do Pão e do Cálice do Senhor.
  2. Ajudar no que for necessário pela boa aparência da sua Igreja, procurando manter tudo limpo e organizado, para que todos tenham uma boa impressão do zelo para com todos os objetos e utensílios no templo do Senhor.
  3. Deverá ser sempre o primeiro a chegar e o último a sair dos cultos, ajudando os demais irmãos na limpeza e organização da Igreja.
  4. Recepcionar aos irmãos e visitantes nos cultos, com alegria e hospitalidade; ficando à porta recepcionando-os à medida que forem chegando.
  5. Ajudar na oração ao Senhor, pedindo-Lhe orientação e bênçãos para o trabalho que será realizado na igreja.
  6. Estar sempre observando o andamento e as necessidades no culto, ou seja, a qualquer sinal que aconteça, inclusive de servir água no Púlpito para os ministros.
  7. Ajudar no recolhimento das ofertas e dízimos com responsabilidade entregando tudo na tesouraria da igreja na mesma forma em que lhe fora entregue.
  8. No inicio e no término do culto, entregar e recolher hinários, harpas, pastas e papéis que ficarem sobre os bancos, organizando-os para os próximos cultos ou trabalhos, que ocorrem na igreja.
  9. Estar pronto para atender as solicitações determinadas pelo Pastor, apagar as luzes dentro e fora da Igreja, fechar as portas e portões corretamente, depois que todos saírem.
  10. Promover a assistência social aos crentes cuidando dos membros da igreja, participando das obras e visitas assistenciais aos carentes, idosos, deficientes físicos, enfermos, viúvas e os necessitados.
  11. Sempre promover a paz e a união entre os membros da igreja. Opor-se as murmurações e partidarismos, sem buscar seus interesses pessoais.

Qualidades para ser Diácono

(1 Tm 3:10). A conduta do diácono deve ser tão boa que ninguém tenha do que o acusar. Este reconhecimento deve ser por parte da igreja e também da sociedade.

Deve conservar o ministério da fé com a consciência limpa; Não cobiçosos de sórdida ganância; Irrepreensíveis; Respeitador; Um exemplo na família; De uma só palavra; Não dado ao vinho.




AS DIACONISAS

A passagem bíblica mais próxima, que dá a entender a existência de diaconisa está no livro de (1 Timóteo 3:11) – “Da mesma sorte as mulheres sejam honestas, não maldizentes, sóbrias, e fiéis em tudo”, parece que esta passagem dá a entender, também, tratar-se de esposas de presbíteros e diáconos, visando um comportamento digno, a fim de que seus maridos, obreiros, não encontrem empecilhos no desempenho de suas funções.

A mulher como cooperadora:

O Apóstolo Paulo menciona vários nomes de irmãs cooperadoras na obra – Romanos 16:1, 6 e 12 – “1 Recomendo-vos a nossa irmã Febe, que é serva da igreja que está em Cencréia; 6 Saudai a Maria, que muito trabalhou por vós. 12 Saudai a Trifena e a Trifosa, que trabalham no Senhor. Saudai amada Pérside, que muito trabalhou no Senhor.” Lembramos, que hoje na igreja, há grande número de irmãs cooperadoras.



Vídeo: Treinamento para Obreiros e Líderes




Conheça aqui! A importância da teologia para o seu ministério.

ETAPAS DO CURSO - CURSO PARA OBREIRO EVANGÉLICO

  1. Introdução
  2. Obediência à palavra e ao Ministério
  3. A vida Espiritual do obreiro
  4. Como agir na família, na Comunidade e na Igreja
  5. Uma vida de submissão à Deus
  6. A importância da teologia no seu ministério
  7. Conselhos práticos para o dia a dia
  8. Como se comportar no púlpito
  9. O papel dos diáconos e diaconisas
  10. O papel dos presbíteros
  11. O papel dos Pastores
  12. A importância da fidelidade

#Compartilhar: Facebook Twitter Google+ Linkedin Technorati Digg

0 comentários:

Postar um comentário

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial
Tecnologia do Blogger.

Postagens mais visitadas